Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Círculo do Graal - Moçambique

Despertai! Somente na convicção repousa a verdadeira crença, e a convicção só vem através de exames e análises irrestritas! Sede seres vivos na maravilhosa Criação de vosso Deus!

Círculo do Graal - Moçambique

Despertai! Somente na convicção repousa a verdadeira crença, e a convicção só vem através de exames e análises irrestritas! Sede seres vivos na maravilhosa Criação de vosso Deus!

02.06.18

Fidelidade

circulodograal

fidelidade_blog.jpg

 

Fidelidade não é algo autónomo, mas somente qualidade do amor! Do verdadeiro amor que tudo abrange. Abranger tudo, porém, não significa acaso abarcar tudo ao mesmo tempo, segundo a conceção humana, que chega à expressão nas conhecidas palavras: “Abraçar o mundo!” Abranger tudo significa: poder ser estendido para tudo! Para o que é pessoal, como também para o que é objetivo! Não está ligado a algo bem definido, nem destinado a ser unilateral.

O verdadeiro amor nada exclui do que é puro ou do que é conservado puro, quer se trate de pessoas ou da pátria, bem como do trabalho ou da natureza. Nisso reside o abrangimento. E a qualidade desse amor verdadeiro é a fidelidade, que não deve ser imaginada de modo mesquinho e restrito terrenamente, como conceito da castidade.
Verdadeira fidelidade sem amor não existe, da mesma forma que não há verdadeiro amor sem fidelidade. O ser humano terreno de hoje, porém, designa o cumprimento do dever como fidelidade! Uma forma rígida, onde a alma não precisa vibrar em conjunto. Isso é errado. A fidelidade é somente uma qualidade do verdadeiro amor, que está fundido com a justiça, mas que nada tem a ver com estar enamorado.

A fidelidade reside nas vibrações intuitivas do espírito, tornando-se assim uma qualidade da alma.
Hoje, muitas vezes, no cumprimento do dever, uma pessoa serve fielmente a outra pessoa, a quem interiormente tem de desprezar. Isso naturalmente não se pode designar como fidelidade, mas sim permanece exclusivamente cumprimento de deveres terrenos assumidos. É uma questão puramente externa, que pode trazer à pessoa, reciprocamente, também somente proveitos exteriores, quer seja prestígio ou vantagens terrenas.
Verdadeira fidelidade não se pode estabelecer em tais casos, uma vez que ela exige oferecimento voluntário juntamente com o amor, do qual não pode ser separada. Por essa razão a fidelidade nem pode atuar isoladamente!
Mas se os seres humanos vivessem de acordo com o verdadeiro amor, conforme é desejado por Deus, então essa circunstância, unicamente, daria a alavanca para modificar muito entre as criaturas humanas, sim, tudo! Então nenhuma pessoa, interiormente desprezível, conseguiria persistir mais, ainda menos ter sucessos aqui na Terra. Dar-se-ia imediatamente uma grande purificação.

leia mais sobre Fidelidade… Dever e fidelidade - Volume III

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930